Há mais de 100 obras de Van Gogh, dizem…

 No Torreão Poente, na Cordoaria Nacional, em Lisboa.
Atenção! Não é na porta principal.
Existe uma exposição, mas é mais que isso! É uma experiência multissensorial que já percorreu mais de 30 capitais.
As obras de Van Gogh, não estão lá fisicamente, são projectadas nas paredes,
em grandes dimensões
, de forma dinâmica, e para acompanhar, há música clássica!
A tecnologia inovadora de projecção, utilizada nesta exposição chama-se Sensory4.

Eu confesso que fiquei um bocadinho desiludida, e logo o que me veio à cabeça foi
” Quero os meus 12€ de volta”,  e quando temos este pensamento é  mau sinal.
Em primeiro lugar as fotos que se encontram a divulgar a exposição por tudo o que é
lado, não são as  imagens reais desta exposição…

 Não,não pode ser!

Foi as minhas palavras assim que entrei na exposição.
A sala que escolheram para acolher esta exposição é meia oval e o quadro interativo, que falam deve ser, uma passadeira
de vídeo no chão, onde as pessoas podem passar por cima mas… nada acontece! 
Não me parece que passar por cima de um vídeo seja interagir… digo eu!

Assim que entras, já viste tudo!
É um espaço amplo logo não tens nenhum sitio em concreto para seguir, é agarrar num puff
e ficar a observar as imagens.
O ciclo de imagens tem mais ou menos 30min  e está sempre em loop.


O horário
Segunda a Quinta 10.00 às 20.00 Sexta a Domingo 10.00 às 21.00
O valor do bilhete varia entre 9,50€ e 12€


Sugestões

Eu não aconselho!

Silêncio! Se fazes qualquer barulho que seja, tens logo olhares de
reprovação e até à quem diga ” Xiu…!”

– Leva cartão de estudante.  Aquela tanga de teres esquecido em casa não pega.
(Eu tentei, e nem estudo!)

Cartão jovem não dá desconto!

–  Visita durante a semana, tens menos gente.

– Existe ar condicionado por todo o lado, não te preocupes que não vais para um sítio abafado, cheio de pessoas.


2 thoughts on “Van Gogh Alive – The Experience”

  1. Esperava mais! Pensava que fosse outro tipo de exposição! Para quem estudou artes ter uma exposição de Van gogh em Portugal e sinal que o país está a apostar nas artes, mais precisamente as empresas privadas que as trazem cá! Mas fiquei desiludido porque me pareceu um cena que em nada favorecia os quadros originais! Tal como tu espera mais, até pelo preço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!