Quem é que quer entrar numa grande aventura?
Cheia de maravilhosas silvas que vos agarram e não saem assim tão facilmente!
 No fundo, são demonstrações de carinho que nos marcam por uns dias.

Silvas, folhas, folhinhas e folhonas tudo a que têm direito, mas depois vale a pena!
Então, para quem quiser ter esta magnifica experiência, visite esta fonte.
Mas… sem camisola de manga comprida, não façam batota!

A fonte da margarida é uma fonte linda.
 Encontra-se esquecida entre arbustos e canaviais, localiza-se na Ericeira, junto à Estrada Nacional 247.

No lado oposto, temos a entrada para o parque de estacionamento da praia do sul.
Sim! É aquele carreirinho mesmo ao lado da estrada, incrível não é?
Pois é… É mais um daqueles tesouros recônditos, que infelizmente tendem a desaparecer devido ao seu estado de degradação.

Foi no séc. XX, que as suas águas chegaram a ser exploradas comercialmente.
Era vendida, vejam bem, em bilhas de barro de 10 a 11L e ao preço de 2$50 escudos, uma exorbitante quantia equivalente a 1 Cêntimo… Um preço excessivo para a época, que só os que tinham uns loucos 500 Mil Reis na carteira é que podiam usufruir desta relíquia.

postal-fonte-da-margarida

Esta fonte tem uma característica engraçadíssima que deve ter dado um trabalhão.
Toda a fonte, é decorada com cascas de mexilhão.
Aquilo é que deve ter sido uma barrigada de marisco, só para colocar lá as cascas, não eram burros de todo!
Aquilo é que foi, tirar a barriguinha de misérias.


Sem dúvida que é uma fonte que vale muito a pena visitar, é fantástica.
Um dia destes, assim quando encherem a zona toda de prédios e a fonte ter ido às urtigas, poderá ouvir-se dizer:

Ali, no sítio daquele edifício moderno, havia uma fonte secular, que ninguém teve a coragem de recuperar, e ficou esquecida de todos.

Se ninguém disser… Digo eu!


Coordenadas GPS
38º57´21.91” | W 9º24´38.22”


Sugestões

– Nada de sandálias a não ser que queiras ficar com os pezinhos molhados

– Levar camisola de manga comprida e calças a não ser, que queiras ir para uma grande aventura nas silvas!

Não levar animais de estimação

 

4 thoughts on “Fonte da Margarida”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!